APS segue na luta contra o leilão do BNDES

A APS vai recorrer da decisão judicial relativa ao Pregão do BNDES que daria inicio à privatização da Cedae. Nosso corpo jurídico já está trabalhando no recurso.

Além de todas as irregularidades e ilegalidades encontradas no termo de referência e no edital do pregão, a APS considera assustadora a possibilidade de um processo tão absurdamente prejudicial à população ser, ainda por cima, liderado pela empresa responsável por uma das maiores catátrofes da cidade do Rio de Janeiro nos últimos tempos: o desabamento da Ciclovia Tim Maia.

A vitória da Concremat, por si só, apenas corrobora a posição da APS e coloca sob suspeição a lisura de todo processo, pois, segundo a própria imprensa do Rio de Janeiro, trata-se de uma empreiteira operada pelo submundo político local, não tendo a menor condição técnica de tocar qualquer projeto relevante.

A APS confia na justiça brasileira e tem a convicção de que vamos obter êxito em nossos recursos. Temos a certeza de que em breve o pregão do BNDES será ANULADO, pondo fim à tentativa de privatização da Cedae e da mercantilização do saneamento no Rio de Janeiro.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *