PAES: MAIS UM CANDIDATO DESCARTA PRIVATIZAÇÃO DA CEDAE

Ocorreu no último sábado, 08 de Setembro, o encontro entre os trabalhadores da Cedae, profissionais de saneamento do Rio de Janeiro, e o candidato a Governador pelo DEM, Eduardo Paes. O encontro ocorreu no Clube Municipal, na Tijuca.

Estiveram presentes ao evento, colaborando inclusive com sua realização, a APS, a ASEAC e os sindicatos dos trabalhadores de Campos e Niterói.

Acompanhado de alguns de seus principais aliados, gente como Cesar Maia, três vezes Prefeito do Rio de Janeiro e atualmente candidato a Senador, e Laura Carneiro, Deputada Federal  super atuante na luta contra a privatização da Cedae, Eduardo Paes garantiu aos profissionais de saneamento que em hipótese alguma promoverá a privatização da Cedae. Chegou a dizer que a Cia de saneamento é a jóia da coroa e que envidará todos os esforços possíveis para transformar a Cedae na maior Cia de saneamento do mundo.

Eduardo Paes assinou um documento, diante de todos, onde se compromete a não apenas manter a Cedae pública, mas também fortalecer cada vez mais a Cia e promover o esgotamento sanitário da Baixada e de São Gonçalo.

Cesar Maia também se posicionou sobre a questão. Afirmou que como Vereador vem atuando nos últimos anos junto a companheiros da Cedae na luta contra a privatização.

A própria APS, que esteve recentemente com o Vereador, corrobora as palavras do candidato. Em vários momentos o ex-Prefeito participou ativamente de ações contrárias à privatização do saneamento no Rio de Janeiro, tendo sido um parceiro dos trabalhadores em vários momentos.

Contando com Eduardo Paes, já temos quatro candidatos comprometidos com o saneamento público e, consequentemente, com a não privatização da Cedae.

Garotinho, do PRP; Tarcísio, do PSOL e Pedro Fernandes, do PDT, já se posicionaram a favor da Cedae pública e a APS espera que em breve todos eles façam encontros com os trabalhadores da Cedae para consolidar esse compromisso.

Estamos na luta contra a privatização, juntamente com todos os nossos companheiros.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *