André Ceciliano quer impedir privatização da Cedae

O Presidente da ALERJ, Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, apresentou à casa o projeto de lei ( 620/2019 ) que autoriza o poder executivo a usar os royalties do petróleo a que o Rio de Janeiro tem direito para pagar o empréstimo que tem como garantia as ações da Cedae.

Segundo a justificativa apresentada os recursos provenientes dos royalties vem subindo ano a ano, tendo alcançado mais de 100% de elevação no último ano, saindo de menos de 2 bilhões em abril de 2018 para 6 bilhões em 2019.

A medida, se aprovada pela Alerj e acatada pelo poder executivo, preservará o controle acionário da Cedae, a última grande empresa ainda em poder do Estado, mantendo nas mãos do poder público a operação das políticas de saneamento executadas em território fluminense.

Segundo o entendimento apresentado por André Ceciliano, a Alerj fez um grande esforço para reverter a alienação das ações da Cedae por sua importância para a população fluminense e agora, com essa proposta, busca garantir os recursos necessários para solucionar a questão.

A APS apoia absolutamente a proposta do Deputado André Ceciliano. Entendemos que o saneamento é um setor estratégico e fundamental para o desenvolvimento da sociedade, principalmente no que se refere à saúde da população.

Envidaremos todos os esforços para que o projeto de lei seja aprovado, afastando definitivamente a possibilidade de entrega da água que nossa população bebe ao controle do setor privado.

.

LINK PARA O PROJETO DE LEI: http://alerjln1.alerj.rj.gov.br/scpro1923.nsf/0c5bf5cde95601f903256caa0023131b/cdfbf95a3c8cfd40832584030069ae4b?OpenDocument&Highlight=0,CEDAE,ANDRE,CECILIANO


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *